O mundo está se tornando menor a cada dia. Voar longas distâncias para locais distantes para negócios ou lazer está se tornando cada vez mais popular. Há mais aeronaves, mais aeroportos para onde voar e mais pessoas prontas para passar meio dia ou mais no ar. É simplesmente mais fácil e mais barato do que costumava ser de longa distância. Infelizmente, a experiência de viajar para o outro lado do mundo pode muitas vezes ser um assunto estressante e cansativo, especialmente para os não iniciados ou despreparados. Este não tem que ser o caso. Basta seguir este guia para um voo de longo curso sem estresse e você pode sentar e aproveitar toda a experiência!

Passo 1: Faça sua lição de casa:

Um pouco de lição de casa certamente o ajudará a descobrir a companhia aérea certa para você. A Internet é um excelente recurso nesse sentido, mas não ignore que você é um agente de viagens local que pode ter uma vasta experiência de cliente com várias companhias aéreas.

Você pode querer descobrir quem vai oferecer mais espaço para as pernas, qual é a qualidade da comida e quão respeitável é o atendimento ao cliente.
A maioria das companhias aéreas agora oferece algum tipo de entretenimento no assento, como o sistema Krisworld da companhia aérea de Cingapura (sempre muito bom) e eu particularmente gostei das visualizações da câmera na tela da companhia aérea do Japão, permitindo que você veja para a frente do nariz da aeronave ou para baixo onde quer que você esteja voando. Esses sistemas são uma boa maneira de matar algumas horas de qualquer vôo.

Claro que o preço é importante e fazer compras realmente compensa. Não tenha medo de ir direto para a companhia aérea e verificar todas as ofertas especiais que possam ter, bem como usar agentes de rua e baseados na Internet.

Etapa 2: Horário do aeroporto:

Normalmente, espera-se que você faça o check-in 2 horas antes do seu voo de longo curso, embora sempre valha a pena chegar um pouco mais cedo, pois a maioria das pessoas chegará na fila nessa hora. É melhor passar 3 horas sentado na sala de embarque com um bom livro do que ficar na fila do check-in!

Claro que quanto mais cedo você for, mais chances terá de reservar um bom lugar. Muitas companhias aéreas estão introduzindo serviços em seus sites que permitem reservar assentos, pedir refeições e fazer check-in por meio de sistemas automatizados de check-in expresso; a melhor maneira de fazê-lo de longe.

Passo 3: Aproveite o voo:

Num voo de 19 horas é importante manter-se ocupado. A solução óbvia é um bom livro. Eu sempre começo um livro alguns dias antes de voar para que eu já esteja ‘intelado’ antes de entrar no avião, garantindo uma fatia pré-planejada de escapismo.

Hoje em dia, somos abençoados com tecnologias nos assentos para nos manter entretidos, que geralmente incluem os mais recentes filmes de sucesso, videogames e todos os tipos de programas de TV e informações sobre voos. Ainda acho, no entanto, que o livro confiável é a melhor maneira de matar o tempo.

O santo graal dos voos de longo curso é poder dormir um pouco de qualidade. Qualidade do ar, fontes de luz, ruído e assentos apertados certamente não são propícios para adormecer. Um travesseiro de viagem inflável Ezysleep, por exemplo, foi projetado para lidar com a questão de apoiar o pescoço na posição vertical, mas há outras coisas que você pode fazer. Tampões para os ouvidos e uma máscara para os olhos podem ajudar a lidar com a luz e o ruído, então combine-os com seu travesseiro de viagem para um sono de qualidade.

Se a comida não estiver boa, certifique-se de estar preparado com alguns lanches saudáveis ​​e um bom suprimento de água. Pode ser de graça, mas álcool e café são muito desidratantes e isso é a última coisa que você quer em um ambiente já árido. Atenha-se à água e aos sucos de frutas.

Mais importante ainda, aproveite o voo! Aproveite esse tempo longe dos celulares e do chefe e do trânsito e relaxe. Você está a 40.000 pés de distância de tudo, aproveite ao máximo!

Passo 4: Mantenha-se saudável:

A Trombose Venosa Profunda (TVP) é uma preocupação constante para os viajantes de longa distância. Embora extremamente rara, é uma condição muito perigosa. A condição é evitada garantindo que o fluxo sanguíneo ao redor do seu corpo seja mantido em movimento.

Faça os exercícios recomendados pelo vídeo e revistas de bordo, faça caminhadas regulares até a cozinha, o banheiro ou apenas suba e desça os corredores e beba bastante água.

Passo 5: Evite Jet Lag:

A melhor maneira de evitar ou minimizar o jet-lag é começar a planejar durante o voo. Acerte o relógio para a hora de destino o mais rápido possível e faça o possível para dormir quando for à noite para onde você está indo, mesmo que isso signifique perder refeições a bordo.

Continue bebendo essa água para não ficar desidratado quando pousar. Quando você chegar ao seu destino, não caia no feno imediatamente. Tente ficar acordado até a noite e você terá a melhor chance de se ajustar rapidamente ao seu novo fuso horário.

Leave a Reply

Your email address will not be published.